Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Somos todos normais, até termos filhos!

Aquele que já foi o Blogue da Mafalda | Por Ana Fagundes Lourenço

Somos todos normais, até termos filhos!

Aquele que já foi o Blogue da Mafalda | Por Ana Fagundes Lourenço

Ensino à distância em Portugal

Não tem de ser um bicho de 7 cabeças.

15.04.20, Ana Fagundes Lourenço
Começou o 3º período escolar e os pais estão insatisfeitos. Com o Covid-19, as escolas tiveram de se adaptar à nova realidade e os pais também. Deixámos de ter um ensino presencial, para passarmos a um ensino à distância. E se por um lado apregoamos que vivemos num mundo digital, onde ser info-excluído é quase como ser um bandido do pior, por outro temos encarregados de educação a dizer que quase precisam de um curso superior para compreenderem o funcionamento da plataforma de (...)

O Livre e a EMRC

03.10.19, Ana Fagundes Lourenço
Li que o Partido Livre propõe proibir a disciplina de EMRC nas escolas públicas. Como justificação, invoca o princípio da laicidade do Estado. Eu sou pela liberdade. Acho que cada um é dono de si e, por isso mesmo, deve poder fazer tudo para alcançar a felicidade plena. Desde que isso não interfira na liberdade dos outros que cá andam. E é por isso que sou contra esta ideia do Livre, que de livre tem pouco (perdoem-me o trocadilho barato). É verdade que o Estado não tem uma (...)

Sobre a questão das crianças devolvidas

01.08.19, Ana Fagundes Lourenço
  Li uma notícia sobre crianças que foram devolvidas às instituições. Caraças, crianças devolvidas, isto soa mesmo mal. Não consigo entender o que leva uma pessoa a olhar para uma criança como se de um objecto se tratasse. Não consigo. Foda-se, conhecer uma criança, criar laços com ela, alimentar-lhe a esperança de ter uma (...)

Estão a demonizar a maternidade. E eu não gosto

19.02.19, Ana Fagundes Lourenço
Se antes criticava o facto de ser quase obrigatório referirmos que a maternidade é só floreado cor-de-rosa, agora critico o inverso. Há uma nova onda nas redes sociais que defende que a maternidade é o pior do mundo. Sim, mães extremosas que se referem a esta nova etapa como "merda da maternidade" e afins. Vamos lá ter calma. A maternidade é, de facto, difícil. E quem diz o contrário é quem nunca esteve em casa a ouvir um bebé berrar durante horas. As cólicas são lixadas, o (...)