Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Somos todos normais, até termos filhos!

Aquele que já foi o Blogue da Mafalda | Por Ana Fagundes Lourenço

Somos todos normais, até termos filhos!

Aquele que já foi o Blogue da Mafalda | Por Ana Fagundes Lourenço

Obrigada 2016

31.12.16, Ana Fagundes Lourenço
Li algures que 2016 foi "um dos piores anos de sempre".
Não podia discordar mais. 2016 ficará para sempre na minha memória como o ano em que a minha vida deu uma volta de 180º, que mudou para melhor. Foi o ano em que nasceu a minha filha e o ano em que nasci como mãe. Foi o ano em que passei bastante tempo com aqueles que amo e até (espantem-se!) participei numa guerra de balões de água. 
Perdoem-me, mas não é por ter morrido o George Michael e mais uns quantos, ou mesmo por termos o Mário Soares em lista de espera que o ano deixa de ser maravilhoso para mim.
Vou entrar em 2017 com o meu marido, a minha filha e a minha mãe - faltam as minhas duas pipocas que estão na Terceira, mas a vida é assim mesmo - e ficarei muito feliz se este ano novo for igual a 2016. O resto é bónus!
Feliz Ano Novo! 
 
 

 

2 comentários

  • Acho que este ano serviu essencialmente para me fazer perceber o que realmente é importante. Parece cliché, mas se eu tiver um trabalho, saúde e a minha família comigo não preciso de mais nada. Aprendi a dar valor ao que realmente tem valor, o resto é isso mesmo: resto.
    Ainda bem que o ano também foi bom para ti. Sabes que apesar de nem sempre ser uma seguidora activa, leio-te há algum tempo (já te conheço do meu outro blogue) e fico feliz pelo teu balanço positivo de fim de ano.
    Um grande beijinho e entra no ano novo com o pé direito.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.