Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Somos todos normais, até termos filhos!

Aquele que já foi o Blogue da Mafalda | Por Ana Fagundes Lourenço

Somos todos normais, até termos filhos!

Aquele que já foi o Blogue da Mafalda | Por Ana Fagundes Lourenço

Fomos campistas por 24 horas

27.08.20, Ana Fagundes Lourenço

Era o nosso 11º aniversário e o homem quis assinalar de forma especial.

Saímos de casa com a casa enfiada no porta-bagagens do carro e fizemo-nos à estrada enquanto almoçávamos fast-food, que é sempre bom para a saúde. Fomos pelo mato, como se diz nas ilhas, e fiquei espantada com a beleza desta terra.

Quem diz que os Açores são dos melhores destinos turísticos do mundo sabe do que fala.

Fomos até à outra ponta da ilha, que quanto mais longe melhor. Não fazíamos a menor ideia de como a Mafalda reagiria a um acampamento, mas bora lá que o importante é descomplicar!

Ao fim de quase uma hora conseguimos montar a tenda. Que filme, pessoas, que filme. É nestas alturas que percebemos o quão velhos estamos para estas andanças. Tenda montada, toca a tirar as tralhas do carro que a casa não se mobila sozinha!

A miúda adorou a ideia de dormir na tenda azul, connosco claro!, de estar num lugar diferente. A Mafalda adora visitar novas paragens, é uma aventureira!

Fomos ao banho, que este mar que Deus nos deu não pode, nem deve, ser desperdiçado. Água a uma temperatura maravilhosa, o sol no ponto certo e esta que vos escreve a dar o belo mergulho de pés, o que não fazia há anos.

Seguiu-se um jantar a três num dos restaurantes da zona e um serão com amigos. Porque é isto que levamos desta vida: O que comemos, bebemos e rimos. Porque a melhor rede social será sempre uma mesa cheia, onde não faltam amizade e amor.

Retirámo-nos quando a Mafi pediu para dormir, tal era o cansaço. Adormeceu num instante e foi TODA A NOITE!!!! Nunca pensei que descansasse tão bem numa tenda.

Depois de um pequeno-almoço leve, fomos ao mar. Caramba, haverá maior privilégio do que dar um mergulho logo pela manhã?

O resto do tempo foi passado com uma amiga, na amena cavaqueira. Porém, o que é bom acaba depressa, por isso tivemos de regressar a casa. Claro que a minha filha estava deliciada com aquela escapadinha, por isso ficou extremamente chateada por regressar. É impressionante como eles se adaptam a novos ambientes!

Cá estamos nós, de volta à rotina, mas sempre a pensar na próxima paragem.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.